Disfunção erétil / Impotência : causas, sintomas e tratamentos

Disfunção erétil / Impotência : causas, sintomas e tratamentos

A disfunção eréctil, ou impotência masculina, é a incapacidade temporária ou permanente em manter uma ereção satisfatória para uma relação sexual. No entanto, é útil diferenciar a impotência sexual de falhas ocasionais.

Estas são pontuais e devidas principalmente ao stress, fadiga, álcool, tabaco ou obesidade.

Pode-se falar em impotência apenas se o problema persistir por um período de mais de 6 meses. As falhas sexuais crônicas constituem uma disfunção sexual cada vez mais comum entre os homens, que atinge cerca de 30% na casa dos 40 anos.

Quais são os tratamentos ? Quais são as causas da impotência ? Como evitar ? Quem consultar ? Quais são as consequências para o homem ? Qual o papel do parceiro ? Respondemos a todas as perguntas que tiver, neste guia dedicado à disfunção eréctil e aos seus tratamentos !

Viagra : o tratamento mais recomendado para combater a ejaculação precoce
prix viagra france

Sem surpresas, Viagra é o medicamento mais prescrito para homens que desejam recuperar o controle sobre sua ereção e eliminar fases de impotência.

Este tratamento pertence a um grupo de medicamentos conhecidos como inibidores da fosfodiesterase do tipo 5. É prescrito para homens adultos que sofrem de disfunção eréctil, que consiste em uma incapacidade para atingir ou manter uma ereção suficiente para ter uma atividade sexual satisfatória.

Para que este medicamento seja eficaz, a estimulação sexual é necessária. É, portanto, um complemento e não uma pílula milagrosa ! Para descobrir alternativas ao Viagra, veja o resto do artigo.

Au sommaire [Cacher]

1 Viagra : o tratamento mais recomendado para combater a ejaculação precoce
2 A ereção : como funciona ?
2.1 Nota
3 Os sintomas de uma disfunção érectil
4 Por que sofremos de impotência : as principais causas
4.1 As causas fisiológicas :
4.2 As causas psicológicas :
5 Por que tem que se tratar rapidamente ?
6 A impotência é realmente reversível ?
7 As diferentes soluções para combater a disfunção erétil
7.1 Se a impotência é psicológica
7.2 Se a causa é fisiológica
8 Comparativo entre Spedra, Vitaros, Levitra, Viagra e Cialis
A ereção : como funciona ?
A ereção corresponde ao inchaço e endurecimento do pênis. Estes ocorrem quando, sob o efeito da excitação sexual, os corpos cavernosos que estão dentro do pênis se enchem de sangue. O prepúcio retrai-se então para expor a glande e permitir a relação sexual.

Ser capaz de ter uma ereção é mais complexo do que parece. De fato, vários componentes do corpo entram em jogo para ter uma relação sexual satisfatória:

o cérebro
os nervos
as hormonas
os vasos sanguíneos
Portanto, se uma dessas 4 partes apresenta um problema, é toda a “máquina” que começa a disfunção.

penis-erection

Nota
A impotência sexual não deve ser confundida com falta de desejo sexual ou ejaculação precoce. Também não é sinônimo de esterilidade. A impotência é um distúrbio por si só, que requer, portanto, medidas especiais para ser atenuada e / ou eliminada.

Os sintomas de uma disfunção érectil
A impotência sexual masculina afeta todos os homens, independentemente da cultura ou classe social. Embora muito comum depois dos 40 anos, também pode afetar pessoas mais jovens. Ela se define nos homens por :

a impossibilidade de manter uma ereção com rigidez peniana suficiente para permitir um relacionamento íntimo
a impossibilidade de obter uma ereção
E isso, apesar de um desejo sexual normal. Torna as relações sexuais e a masturbação difíceis, se não impossíveis, afetando assim grandemente o bem-estar daqueles que a experimentam. E é, em regra geral, extremamente mal vivida e envenena a vida de muitos casais.

Por que sofremos de impotência : as principais causas
A impotência é principalmente um problema de fluxo sanguíneo no pênis. Este problema pode ter muitas causas que devem ser eliminadas à medida com exames médicos. Assim, podemos distinguir duas famílias principais de perturbadores da ereção :

As causas fisiológicas :
obesidade
doenças cardiovasculares : hipertensão, hipotensão, aterosclerose, infarto…
diabete
tabagismo
doenças neurológicas : tumores, esclerose múltipla, doença de Alzheimer, doença de Parkinson…
certos medicamentos : antidepressivos, neurolépticos, diuréticos, betabloqueadores, pílulas para dormir, quimioterapia…
certos cancros
uma cirurgia de próstata ou bexiga
problemas de dependência : álcool, drogas
distúrbios hormonais : diminuição da testosterona, disfunção tireoidiana
insônia, fadiga
As causas psicológicas :
depressão, ansiedade…
trauma : acidentes, luto
dificuldades dentro do casal : tédio, infidelidade…
stress
um problema de identidade sexual…
Que a impotência seja causada por problemas médicos ou psicológicos, é bom saber que os riscos de contrair aumentam com a idade.

Causas da disfunção erétil

Causas-da-disfunção-erétil

Por que tem que se tratar rapidamente ?
É necessário tentar tratar a impotência sexual o mais rápido possível para que não se estabeleça e não se transforme num verdadeiro bloqueio psicológico. Além do fato de ser tratado para remediar aos problemas de autoestima e, para recuperar uma vida sexual satisfatória, é aconselhado realizar exames médicos o mais cedo possível, a fim de eliminar rapidamente uma das patologias mencionadas acima.

Embora muitos homens achem difícil falar sobre isso, o médico de família esta atento aos seus pacientes e garante a confidencialidade. Só ele pode prescrever análises mais avançadas e, se necessário, indicar um urologista, um sexólogo ou um psicólogo, dependendo da origem do problema.

A impotência é realmente reversível ?
Sim, hoje a impotência masculina não é mais uma fatalidade. Existe uma variedade de tratamentos adaptados a cada causa.

Saiba mais: Prime Male funciona

As diferentes soluções para combater a disfunção erétil
Felizmente, existem hoje muitas soluções para lidar com este problema doloroso e sentido como vergonhoso por aqueles que sofrem com ele. Muitas vezes, o tratamento envolve uma mudança de estilo de vida para se sentir melhor e cuidar de si.

O exercício físico é um componente obrigatório de qualquer tratamento. Não só benéfico para o corpo, é também um fator de relaxamento, necessário para obter uma ereção satisfatória.

Se a impotência é psicológica
Se a causa da impotência é psicológica, é necessário fazer uma terapia individual ou de casal ou mesmo consultar um sexólogo. Os tratamentos, listados abaixo, podem ajudá-lo, sem dúvida, mas não irão resolver o problema subjacente !

Se a causa é fisiológica
Os medicamentos
Existem muitos medicamentos disponíveis para ajudar a alcançar uma ereção firme e duradoura. Cada um é diferente, mas se distinguem dois modos de ação para escolher, de acordo com as prioridades do paciente :

um medicamento de ação rápida
um medicamento que aumenta a duração da ereção
É também possível tomar testosterona.

É importante lembrar que qualquer medicamento pode ter efeitos secundários e que, cada pessoa sendo diferente, estes podem ser mais ou menos bem tolerados. Existem também riscos com as interações medicamentosas. Deve ter-se o cuidado de consultar o seu médico acerca de qualquer outro tratamento, se necessário.

Além disso, tomar medicação não garante uma ereção que não pode ocorrer sem preliminares, indispensáveis para provocar uma excitação. Os indutores de ereção, portanto, garantem não haver um risco de ereções inoportunas.

Por outro lado, alguns homens lamentam um pouco o aspecto “mecânico” da sua tomada, que exige obrigatoriamente a previsão de uma relação sexual, uma vez que devem ser ingeridos alguns minutos antes desta.

Os principais medicamentos para ajudar a ereção são os seguintes :

Viagra : o tratamento mais conhecido e mais vendido em todo o mundo. Na forma de comprimidos, o Viagra possui o agente ativo Sildenafil e geralmente atua em menos de 60 minutos e por um período de 4 a 6 horas.
Cialis : quase tão conhecido como o primeiro, está também disponível na forma de um comprimido à base de Tadalafil e funciona até 36 horas após cerca de 40 minutos.
Spedra : o último no mercado, também está na forma de comprimidos, com base no Avalafil. Funciona em menos de 15 minutos (é o mais rápido!) E pode promover uma ereção durante 5 a 6 horas.
Levitra : ainda na forma de comprimido, à base de Vardenafil, atua após 30 minutos e por 4 a 6 horas.
Vitaros : o único tratamento na forma de Gel. É extremamente rápido (5 a 30 minutos), mas o seu raio de ação é o mais baixo entre todos os tratamentos: 1 a 2 horas.
Sildénafil : é a versão genérica do Viagra, com a mesma base de agente ativo. Permite causar uma ereção em menos de 30 minutos.
Caverject : o único tratamento na forma de injeção. Injeta diretamente na via intracavernosa do pênis para causar ereção depois da estimulação sexual.
Tratamentos locais
Para os pacientes que acham que tomar uma medicação é demasiado restritivo, há um tratamento local que consiste em injeções intercavernosas de Alprostadil, a fazer sozinho, diretamente no pênis cerca de 10 minutos antes da relação, a fim de assegurar uma ereção que pode durar de 1 a 2 horas

Alprostadil é uma variante da prostaglandina com propriedades vasodilatadoras e, assim, ajuda a estimular o fluxo sanguíneo no pênis.

pompe

Existe também um acessório para manter a ereção : a bomba de vácuo. É colocada no pênis antes da relação e depois acionada. Permite que o sangue flua para o pênis.

Uma vez inflado, um garrote deve ser colocado na base do pênis para manter esse influxo. De seguida, o garrote é removido quando a relação for concluída. Essa técnica requer alguma experiência e é apenas temporária, pois só funciona por 30 minutos.

Tratamentos cirúrgicos
Finalmente, para os mais radicais, especialistas desenvolveram vários tratamentos cirúrgicos. Até hoje, é possível :

A pose de um implante peniano que pode ser inflado ou semi-rígido (a última opção aumenta o risco de uma ereção quase constante). Na maioria das vezes, a bomba destinada a inflar está sob o escroto para uma ótima discrição. Este tipo de implante é completamente invisível, pois não contém líquido. Por outro lado, é importante notar que esta operação destrói irreversivelmente o tecido erétil ;
Uma intervenção de revascularização para pessoas com fluxo sanguíneo reduzido não relacionado ao diabetes. Essa técnica é reservada principalmente a pessoas que sofreram uma fratura de pélvis ou homens jovens;
Proceder a uma laqueação venosa em caso de derrame venoso. Esta operação permanece extremamente controversa ao momento.
Seja qual for a opção escolhida entre todos esses tratamentos, é importante falar sobre este problema com o seu/sua parceiro(a) para não atrapalhar o relacionamento.

Comparativo entre Spedra, Vitaros, Levitra, Viagra e Cialis
Às vezes é difícil encontrar um caminho entre todos os tratamentos médicos no mercado ! Estamos aqui para ajudá-lo a fazer a escolha certa, e isso envolve uma comparação objetiva dos diferentes critérios de seleção.

Porque apesar da eficácia de todos estes tratamentos contra a impotência esteja hoje comprovada, o que os diferencia bastante é 1) a posologia, 2) o preço e 3) o tempo de ação. Aqui está tudo o que precisa saber sobre os principais tratamentos agora disponíveis para compra que são : o Gel Vitaros, e os comprimidos Viagra, Levitra, Cialis, e claro, a novidade no mercado : Spedra!

Dietas para emagrecer

Dietas para emagrecer

O cérebro humano foi moldado numa época de extrema penúria. Ao longo de toda a história da evolução, a humanidade nunca obteve alimentos com facilidade. Para consegui-los, havia que correr atrás deles e gastar muita energia. Depois, diante da presa abatida, era preciso comer o máximo possível para acumular reservas e enfrentar os períodos de jejum que se seguiriam.

Hoje, os tempos são outros. Para parte expressiva da humanidade, são tempos de fartura e comodidade. Alimentos de alto valor energético e grande conteúdo calórico estão aí, em abundância, e podem ser conseguidos com mínimo esforço.

Pegar um indivíduo criado em época de penúria e colocá-lo diante da geladeira cheia, do disque-pizza, da churrascaria rodízio, de sanduíches transbordando recheios, é expô-lo a uma tentação que não está preparado para resistir. Por isso, a obesidade está se transformando uma doença que acomete homens, mulheres e crianças num verdadeiro problema de saúde pública.

HERANÇA GENÉTICA

Drauzio – O que você acha da expressão “dietas para emagrecer”?

Alfredo Halpern – Detesto. Pior do que ela só a palavra regime. Sabe por que as detesto? Primeiro, porque são palavras que indicam restrição. Por isso, todo o mundo tem antipatia por regime e dieta. Segundo, porque parecem indicar algo provisório. É uma questão de filosofia. A pessoa que nasceu para ser gorda, se fizer qualquer coisa provisória, emagrece um pouco e volta a engordar.

Drauzio – O que você entende por “pessoa que nasceu para ser gorda”?

Alfredo Halpern – Atualmente está demonstrado que existem pessoas que nasceram programadas para serem gordas. Descendem de ancestrais que sobreviveram numa época de penúria, de falta de alimento, de vida dura, porque tinham um sistema genético aparelhado para estocar energia a fim de usá-la nos períodos de escassez. Quem são essas pessoas? Somos nós, é a grande maioria. Indivíduos que não engordam, os que chamo de “magros de ruindade”, são cada vez mais uma exceção no mundo de hoje.

No Brasil, 40% das pessoas estão com excesso de peso e, se continuar nesse ritmo, daqui a 20 anos, vai existir mais gente gorda do que gente magra, porque pelo menos 60% da população estará acima do peso.

Drauzio – Fiquei impressionado com um mapa dos Estados Unidos em que estavam registrados os índices de obesidade ou excesso de peso calculados em 1991 e 2001 em vários estados americanos. Nesses dez anos, o peso da população aumentou mais de 50%.

Alfredo Halpern – Conheço esses dados. O impressionante é que o ganho de peso vem ocorrendo com mais nitidez nos últimos 10 ou 15 anos. Nesse período, estourou a prevalência de obesidade, apesar de todas as dietas espalhadas pelas livrarias, bancas de jornal ou divulgadas pela mídia.

VARIEDADE DAS DIETAS

Drauzio – Há inúmeras dietas mesmo. Existem aquelas respaldadas em princípios mais sérios como a do Dr. Atkins, por exemplo, e outras como a do abacaxi e da Lua sem base científica alguma. Há algum denominador comum entre elas?

Alfredo Halpern – Acho que sim. Nos livros que escrevi com o jornalista Claudir Franciatto, “Desta vez eu emagreço!” e “Magro para sempre!”, está contada a história real de um sujeito, o Claudir Franciatto, que experimentou todas as dietas do mundo, porque queria emagrecer de qualquer maneira. Ele chegava a perder peso, mas logo voltava a engordar. Juntos, estabelecemos uma espécie de filosofia para ajudá-lo a perder peso e a manter-se magro. Mesmo tendo conseguido emagrecer 40 kg, só escrevemos o livro “Magro para sempre!” depois que o novo peso foi mantido por dois anos.

Na minha opinião, a única dieta que funciona é aquela em que o indivíduo come o que gosta, observando, porém, certa contenção. Aí, ele faz dieta a vida inteira e não engorda mais. Já regimes e dietas milagrosas trazem resultados temporários. O que há de comum entre eles? Em primeiro lugar, a esmagadora maioria busca sucesso comercial. Seus autores sabem que é vasto o campo de pessoas interessadas em emagrecer e dispostas a fazer qualquer coisa para alcançar esse propósito. Segundo, são dietas sem nenhuma base científica e que não surtem efeito a longo prazo.

A dieta que proponho nada tem de especial. A pessoa pode comer de tudo. Simplesmente, são atribuídos pontos aos alimentos para poder medir, contar o conteúdo energético daquilo que é ingerido.

Drauzio – A curto prazo, no entanto, essas dietas fazem perder peso, porque se baseiam na restrição calórica.

Alfredo Halpern – Sempre brinco que a dieta do brigadeiro é excelente. A pessoa emagrece comendo brigadeiro. Come seis por dia e mais nada! Houve um tempo, por exemplo, em que uma dieta chamada Beverly Hills fez muito sucesso. Era mais ou menos assim: você pode comer o que quiser, desde que seja abacaxi. Desse jeito, qualquer um emagrece. O segredo é continuar magro. Usei o termo magro, embora não o considere o mais adequado. Às vezes, o indivíduo não consegue tornar-se magro, mas emagrece bastante e mantém o novo peso para o resto da vida.

Veja também: Dietas extravagantes

DENSIDADE ENERGÉTICA DOS ALIMENTOS

Drauzio – O excesso de peso tem duas vertentes. Uma é a ingestão de alimentos altamente calóricos. Você pode comer um queijo que tenha 50% menos calorias do que outro. A outra é a quantidade daquilo que se come. Como você orienta as pessoas nesse sentido?

Alfredo Halpern – O que está assumindo importância agora é o que se chama de densidade energética, ou seja, quantas calorias existem em determinada porção de alimentos. Por exemplo, o queijo tem alta densidade energética, porque um pedaço pequeno contém muitas calorias. Alface, couve, verduras (em geral o menos gostoso) têm poucas calorias em grandes volumes. O ideal é comer um volume maior de alimentos com poucas calorias para satisfazer o estômago. Isso não quer dizer que não se possa comer queijo, feijoada e churrasco. A questão é ter bom senso para equilibrar as refeições.

Drauzio – Você vai a um jantar e servem uma salada. Você está morrendo de fome e come um bom prato. Depois servem a carne e só de olhar a boca enche de água. Você não acha que existe uma motivação interna selecionada evolutivamente que nos leva a preferir alimentos altamente calóricos?

Alfredo Halpern – Disso eu tenho certeza. O estudo da obesidade está evoluindo de tal maneira, que já não se discute mais a existência de neurônios no cérebro que reagem à visão da carne ou de um doce e despertam o desejo de comer esses alimentos. Por isso, não acredito e não gosto quando dizem que o gordo é sem-vergonha porque come muito. Ele come porque tem fome ou apetite. A necessidade de comer doce, por exemplo, é comuníssima principalmente nas mulheres. Ela é provocada pela diminuição das concentrações cerebrais de uma substância chamada serotonina.

RESISTÊNCIA AO APELO DA FOME

Drauzio – Parece que o ser humano resiste menos à fome do que à dor. Muita gente com dor na coluna toca a vida normalmente. Com fome, a impressão é que fica difícil fazer alguma coisa.

Alfredo Halpern – O grande problema é que, se não comer, a pessoa morre, o que na maioria das vezes não acontece quando ela sentir dor. Comparar, por exemplo, comer com fumar é outro erro. Não existe necessidade biológica para fumar, mas para comer existe. Se a pessoa consegue deixar de fumar, sua vida melhora muito. Se parar de comer, definha e morre. A alimentação é indispensável para sobrevivência de todos nós.

Além disso, estamos cada vez mais aparelhados para engordar não só pela fartura de comida como pela fartura de conforto. Hoje, tudo é projetado para moderar o gasto de energia. Os carros têm direção hidráulica, são hidramáticos e os vidros sobem e descem com um simples apertar de botões. Já foi calculado, por exemplo, que uma única extensão telefônica numa residência representa um ganho de peso de 1,100 kg por ano.

Antigamente, só existia um aparelho telefônico em cada casa. Alguém chamava – “Fulano, telefone para você” – e a pessoa tinha de se movimentar até o lugar onde estava o aparelho. Andava, subia ou descia escadas, atendia o chamado e percorria o caminho de volta.

Agora o celular está ao alcance da mão. Não é preciso dar um passo para atendê-lo. Se não houver uma profunda reformulação no estilo de vida, todo o mundo vai ser gordo em poucos anos.

DIETA DO DR. ATKINS

Drauzio – O que você pensa a respeito da dieta do dr. Atkins? Eu mesmo já vi várias pessoas perderem peso com ela?

Alfredo Halpern – Certa feita fui convidado para falar num congresso sobre diabetes. O tema proposto era a dieta do dr. Atkins analisada sob critério científico. Minha primeira reação foi recusar o convite – não vou falar a respeito de charlatanices. Depois, decidi pesquisar intensamente o assunto e fui ao congresso que redundou num artigo publicado no “The New England Journal of Medicine”. Conclusão: a dieta do dr. Atkins funciona, faz perder peso. A curto prazo faz perder mais peso do que as outras dietas. A longo prazo, porém, o resultado não é diferente. As pessoas voltam a engordar, porque ninguém aguenta comer o mesmo tipo de alimento indefinidamente. Só funciona a dieta que permite comer de tudo, mas com parcimônia e moderação.

Além disso, a longo prazo, dietas ricas em gordura como a do dr. Atkins predispõem a doenças cardiovasculares e ao diabetes, porque acabam comprometendo as funções do pâncreas, órgão que produz insulina.

SISTEMA DE PONTOS

Drauzio – Que tipo de orientação você dá aos pacientes? Você lhes diz o que e quanto podem comer por dia?

Alfredo Halpern – Não gosto de dietas muito estruturadas. Por isso criei o Sistema de Pontos há mais de 30 anos.

Drauzio – Em que consiste esse sistema?

Alfredo Halpern – O Sistema de Pontos é uma filosofia, não uma dieta. Eu me formei em 1966 e, quando fui trabalhar no consultório, em 1969, já tinha feito residência em clínica médica, estava fazendo endocrinologia e aprendia de tudo, menos como resolver o problema da maioria de meus pacientes: o excesso de peso. Na verdade, de 70% a 80% da clientela de um endocrinologista é constituída por gente que quer emagrecer. Diante disso, pensei: já que o problema é esse, vou tentar resolvê-lo direito.

Naquela época havia pouco material sobre obesidade. Agora, há uma enxurrada tão grande que não é mais possível acompanhar tudo o que se publica a respeito do tema.
Observando o que acontecia, minha primeira conclusão foi que todo o mundo fazia uma dieta burra, parecida com a do dr. Atkins: carne, verdura, duas colheres de arroz, uma de feijão, salada e quatro frutas por dia. Consequentemente, ninguém aguentava segui-la por muito tempo. Foi, então, que me surgiu a ideia de que uma dieta só funciona se o indivíduo puder comer de tudo. Comecei, então, a catalogar os alimentos atribuindo a cada um deles uma unidade chamada pontos. Não se trata de nenhuma novidade, porque quem inventou os pontos foi Deus quando criou as calorias. Cada ponto vale 3,6 calorias. Atualmente, no meu site www.emagrecendo.com.br existem mais de 4 mil itens relacionados.

No Sistema de Pontos, a pessoa pode comer de tudo, mas precisa ir anotando o que comeu para controlar o número de pontos ingeridos num dia e que não pode ultrapassar uma quantidade previamente calculada de acordo com seu peso, idade, sexo e atividade física.
Não adianta nada a pessoa conhecer a tabela de pontos se não houver certa interação com uma nova filosofia que pressupõe conhecimento do processo e determinação.

”Hoje vou comer feijoada, mas amanhã farei refeições menores para compensar.” Nas dietas tradicionais o que acontecia? O sujeito quebrava o regime e comia feijoada. Pronto! Achava que tinha estragado tudo e desistia da dieta. No Sistema de Pontos, feijoada não é um prato proibido, desde que no dia seguinte a pessoa consiga compensar a extravagância ingerindo menos calorias.

COTA PESSOAL DE PONTOS

Drauzio – Sou médico formado há mais de 30 anos e quando alguém me pergunta quantas calorias pode ingerir por dia não sei responder.

Alfredo Halpern – Estabelecer esse dado é complicado e depende do peso, altura, sexo, atividade física e de quantos quilos a pessoa quer perder. A regra básica é que homens devem comer mais ou menos 30 calorias por quilo de peso. Se pesam 80 kg, portanto, devem ingerir 2.400 calorias. Saber isso não adianta praticamente nada se a pessoa não souber quantas calorias cada alimento contém.

Saiba mais: Phytophen o que é

A imprensa vira-e-mexe pergunta: “Dr., o que a pessoa precisa fazer quando quer emagrecer?” E eu sempre respondo: “Olhe, se fosse fácil, o Brasil inteiro seria um país de gente magra”.

É difícil encontrar uma pessoa que não saiba que alimentos ricos em gordura e açúcar ajudam a engordar. No entanto, é preciso aprender a enfrentar esses inimigos para vencer a batalha, porque em algum momento eles vão aparecer na nossa frente.

Drauzio – Hoje o mercado de alimentos está inundado de alimentos diet e light. Esses alimentos podem ser ingeridos à vontade?

Alfredo Halpern – Existe um estudo mostrando que o consumo de alimentos light e diet corre paralelo ao ganho de peso dos indivíduos. Claro que se trata de um viés na análise. O fato é que quem se preocupa com excesso de peso, isto é, 80% a 90% da humanidade, tende a escolher esse tipo de alimentos, o que não quer dizer que possa comê-los ou bebê-los à vontade. Nada tenho contra eles, mas alguma coisa está errada. A oferta de produtos novos que se encaixam nessa categoria aumenta a cada dia, embora os casos de obesidade estejam crescendo assustadoramente.

Como médico, às vezes, me sinto frustrado. Há anos vou aos meios de comunicação, explico o que está acontecendo e alerto a população sobre os riscos dessa doença que é a obesidade. No entanto, me parece que as pessoas recebem uma informação diferente daquela que os médicos tentam transmitir.

Os laboratórios Roche e Abott, interessados no assunto porque produzem medicamentos para controle da obesidade, fizeram uma pesquisa para saber o que as pessoas pensavam a respeito do excesso de peso e por que queriam emagrecer. Descobriram que o motivo primordial não é a saúde. É a autoestima. Elas querem sentir-se bem. Não pensam que podem morrer por causa da obesidade. Acham que isso não vai acontecer com nenhuma delas. Algumas chegam às minhas mãos em péssimas condições. Olho para elas e tenho a impressão de que não vão viver um ano. Estão com diabetes, pressão alta, colesterol elevado, respiram mal. Quando lhes pergunto como se sentem, invariavelmente respondem: “Estou bem, doutor”. Não tenho dúvida, porém, de que se conseguirem emagrecer, o quadro clínico melhorará muito e sua qualidade de vida também.

Drauzio – Sou corredor de maratona. Às vezes, fica difícil acreditar como certas pessoas com excesso de peso conseguem correr 42 km sem parar. Essas pessoas precisam emagrecer?

Alfredo Halpern – Essas pessoas diminuíram um fator de risco que é o sedentarismo, mas continuam expostas a outro fator de risco importante: a obesidade. De qualquer forma, se compararmos duas pessoas com os mesmos quilos a mais, a que não corre tem maior probabilidade de sofrer infarto ou derrame cerebral.

Drauzio – Essa preocupação com o emagrecimento pode virar uma neurose. O indivíduo passa a vida perseguindo um peso ideal que nada tem a ver com suas características orgânicas.

Alfredo Helpern – Em geral, é um peso inatingível. Existem pesquisas, e minha experiência não é diferente, mostrando que as pessoas estabelecem como meta a atingir um peso impossível. Vamos citar um exemplo. O indivíduo pesava 100 kg, emagreceu, chegou aos 80 kg, mas quer pesar 65 kg. Não está satisfeito apesar de ter perdido 20% do peso, o que lhe trará benefício enorme segundo todos os estudos a respeito do assunto. Se mantiver esse novo peso para sempre, seu caso foi um sucesso, mas ele se sente fracassado, porque não conseguiu pesar o que havia previamente imaginado.

DOENÇA CRÔNICA

Drauzio – Além de estar atenta aos hábitos alimentares, o que a pessoa deve fazer para manter o novo peso?

Alfredo Halpern – A pessoa precisa saber que tem uma doença crônica, de caráter orgânico, chamada obesidade. Ela pode não estar doente naquele momento já que conseguiu perder peso, mas é doente, porque seus genes estão aparelhados de tal forma que ela será obesa se não tomar cuidado. Depois, precisa aprender a enfrentar as “forças engordativas”, termo que criei para designar inimigos que estarão presentes durante toda a sua vida. Se a pessoa que emagreceu, conseguir manter o novo peso por um bom tempo, as forças engordativas ficarão mais débeis. Caso contrário, se fortalecem. O organismo fica impaciente e quer recuperar o que foi perdido. É o famoso ioiô ou efeito sanfona – engorda, emagrece; engorda, emagrece – que acontece com muita gente. Pelo que se sabe hoje, é melhor a pessoa continuar gorda do que se expor a essa perda e ganho de peso, pois o efeito sanfona é causa de inúmeras doenças.

Drauzio – Não se pode esquecer de que, quando ocorre perda de peso, o cérebro tende a fazer o organismo voltar ao peso inicial.

Alfredo Halpern – Se a pessoa que pesava 120 kg chega aos 80 kg e consegue manter esse peso por dois anos, a tendência para voltar ao peso antigo é menor. Durante o processo de emagrecimento vão ocorrendo platôs. O inverso é verdadeiro quando engordamos. Aos 20 anos, o indivíduo pesa 70 kg. Com 30, 75 kg. Aos 40, 85 kg, porque o organismo vai tendo memória dos novos pesos. Quando ele chega aos 100 kg, é preciso perder peso e ajustar de novo a sintonia. Isso exige prática. Leva tempo. O Claudir Franciatto descreve esse processo no livro que escrevemos. Se baixar a guarda, qualquer um recupera o peso num instante.

Drauzio – Você acha que as mães têm um pouco de responsabilidade nesse processo de ganho de peso, já que insistem para os filhos pequenos comerem tudo. “Olhe, menino, se não raspar o prato, hoje não tem sobremesa”.

Alfredo Halpern – Embora os casos de obesidade infantil estejam aumentando, não acho que o problema seja só de responsabilidade dos pais. Na verdade, o comportamento deles está mudando. Mesmo assim, como dizia Freud, as mães continuam sendo sempre culpadas.

ESTRESSE TAMBÉM ENGORDA

Drauzio – Os adolescentes comem muito e não engordam. Aos 50 anos, querem manter o padrão alimentar dos 20 anos e obviamente ganham peso.

Alfredo Helpern – É uma pena, mas isso acontece. Eu, por exemplo, comia mais antes do que agora e venho engordando. Sabe por quê? Porque à medida que o tempo passa, gastamos menos calorias e, infelizmente, nosso organismo vai transformando músculo em gordura. Além disso, a cada dia surgem mais evidências de que o estresse é um fator engordativo. A elevação dos níveis de cortisol está diretamente ligada à carga de estresse e ao aumento de peso.

Drauzio – O estresse faz engordar porque provoca alterações no metabolismo ou porque as pessoas estressadas comem mais?

Alfredo Halpern – As duas coisas. As pessoas pensam que estresse engorda, porque elas comem mais. Não é só por isso. Estresse engorda, porque provoca alterações metabólicas. Infelizmente, nossa geração e as que estão vindo depois de nós têm que aprender a lutar contra mais essa força engordativa que o estresse representa.

Como acabar com rugas? Conheça os melhores tratamentos

Como acabar com rugas? Conheça os melhores tratamentos

Com avanço da idade, logo começam a aparecer na nossa pele os famosos “pés de galinha”, que incomodam tanto homens quanto mulheres na frente do espelho. Estes, para quem nunca ouviu falar, nada mais são que uma maneira popular de chamar as temidas rugas e linhas de expressão, os primeiros sinais do envelhecimento que acometem a derma, seja de forma natural ou precoce.

As rugas costumam aparecer a partir dos 30 anos de idade, principalmente na região das mãos, rosto e pescoço, sempre bem finas a princípio e acompanhadas de flacidez, manchas, linhas de expressão e ressecamento. Normalmente, elas são apenas uma consequência do envelhecimento natural da pele, que passa a produzir menos elastina e colágeno e, portanto, ganhar aspecto menos elástico e firme conforme a idade vai avançando.

Veja também – 5 cuidados com a pele para evitar rugas

No entanto, elas também podem surgir em pessoas ainda jovens como consequência da falta de cuidados que tivemos com a pele antes deste período, como a não hidratação e pouco ou nenhum uso do filtro solar, por exemplo, favorecendo o processo que chamamos de envelhecimento precoce.

E qual é a diferença entre rugas e linhas de expressão? Apesar de muita gente associar esses dois termos ao mesmo problema, eles dizem respeito a diferentes sinais da velhice que aparecem na nossa pele.

Enquanto as linhas de expressão surgem por conta da simples movimentação da musculatura facial e desaparecem assim que o movimento do músculo acaba, se a pele for jovem e tiver uma boa produção de colágeno e elastina, é claro, as rugas são vincos ou linhas estáticas que permanecem na pele mesmo quando não há a contração dos músculos faciais.

Nós sabemos que é muito difícil eliminar as rugas da pele. Mas você sabia que existem tratamentos que podem ajudar a suavizá-las de maneira surpreendente? Se você quer saber como acabar com as rugas, continue lendo esse artigo até o final e saiba quais são as causas, prevenção e tratamentos ideais.

Tipos de rugas
Antes de conhecer quais são as causas, como prevenir e como tratar o problema, é importante que você entenda quais são os tipos de rugas e por que cada um deles aparece na nossa pele.

Rugas de expressão ou dinâmicas

São aquelas que só aparecem por conta da contração muscular facial, quando sorrimos ou fazemos certas expressões com o rosto. Por esta razão, elas são mais comuns nas regiões das sobrancelhas, lábios, testa e cantos dos olhos, os famosos “pés de galinha” que mencionamos no início desse artigo.

Rugas gravitacionais

Como o próprio nome já diz, as rugas gravitacionais são aquelas que aparecem na nossa pele por conta da ação da gravidade sobre os tecidos. Ao longo da vida, por mais que não percebamos, a pele está sendo sempre puxada para baixo. No entanto, quando chegamos à terceira idade, a pele fica mais flácida e facilita esse processo, causando as rugas.

Rugas superficiais ou finas

Essas rugas são conhecidas por afetarem uma camada muito superficial da pele, sendo mais fáceis de amenizar e até eliminar de vez. Normalmente, elas aparecem na pele de pessoas com até 30 anos, comumente com a pele branca, por conta de expressões faciais, como sorrir, por exemplo.

Rugas estáticas ou profundas

Aparecem normalmente a partir dos 45 anos de idade e, como são estáticas (definitivas ou fixas), tornam-se cada vez mais profundas no decorrer do tempo. Elas costumam ficar expostas mesmo quando não há a contração dos músculos do rosto e são causadas pelo envelhecimento natural da pele, quando há pouca ou nenhuma produção de colágeno.

Quais são as causas?
Como você já deve saber até aqui, as rugas aparecem na pele por conta do processo de envelhecimento natural, que acaba por reduzir a produção de elastina e colágeno e, portanto, deixar linhas, marcas e aspecto menos firme na pele.

Veja também – Máscara facial para rugas: conheça 3 máscaras que ajudam no rejuvenescimento facial

No entanto, o problema também podem surgir de forma precoce na derma em pessoas ainda jovens, com menos de 30 anos de idade, por conta da ação de agentes externos, como os que vamos mostrar a seguir:

Exposição excessiva à luz solar ou ambientes agressivos;
Uso de drogas;
Tabagismo;
Estresse excessivo;
Perda de vitamina E;
Perda de peso repentina;
Predisposição genética;
Expressões faciais (rindo, apertando os olhos, etc.);
Desidratação;
Poluição e toxinas;
Dormir de lado (com o seu rosto pressionado contra seu travesseiro);
Radicais livres;
Vida sedentária;
Exposição ao sol;
Falta ou má nutrição e dieta;
Falta de cuidados da pele (hidratação, esfoliação, limpeza e não aplicação de filtro solar).
Como prevenir o seu aparecimento?

Apesar de ser uma tarefa praticamente impossível barrar os efeitos do avanço da idade e impedir o envelhecimento da pele, existem algumas maneiras que podem ajudar cuidar da derma, mantendo o seu viço e beleza, e prevenir o aparecimento das rugas.

Basta adotar algumas mudanças de hábitos no dia a dia para evitar este e outros problemas na sua pele. Veja quais são as principais delas:

Beba muita água, pelo menos 2 litros por dia, para manter a pele sempre hidratada;
Evite fumar. Além de causar o aparecimento de rugas, principalmente ao redor da boca, ainda deixa os dentes amarelados;
Alimente-se bem, incluindo sempre no cardápio legumes, frutas e verduras que contenham nutrientes benéficos à pele, como vitamina C (laranja, batata, mamão, morango, manga, ervilha, brócolis), vitamina E, betacaroteno (cenoura, manga, abóbora, espinafre, agrião, couve) e licopeno (uva rosada, tomate, melancia, goiaba).
Use filtro solar diariamente, com pelo menos 30 FP, tanto em dias de sol como nublados ou chuvosos.
Evite exposição solar excessiva, mesmo usando com protetor solar.
Limpe, hidrate, esfolie e tonifique a pele na sua rotina de cuidados diários para evitar as rugas.
Se você é mulher, lembre-se sempre de remover a maquiagem antes de dormir. Além de causar acne, passar a noite toda com os cosméticos corresponde a três dias de envelhecimento da sua pele.
Inclua nos seus produtos de cuidados com a pele hidratantes anti-idade, conforme pede a sua faixa etária, sempre aplicando-os no rosto, no pescoço e nas mãos.
Use chapéus ou bonés para proteger o rosto quando for à praia, ao clube ou simplesmente sair para um lugar mais longe que necessite da exposição da sua pele ao sol.
Procure um médico dermatologista e peça a ele uma recomendação de suplementação à base de colágeno hidrolisado, que ajudará a manter a sustentação da sua pele por mais tempo.
Melhores tratamentos estéticos para eliminar rugas

Saiba mais: Proteína asiática benefícios

Agora que você já sabe como prevenir o aparecimento das temidas rugas na sua pele, chegou a hora de conhecer quais são os tratamentos estéticos mais indicados para suavizar ou acabar com o problema de uma vez por todas. Vamos lá?

Preenchimento facial
O preenchimento facial é um tratamento estético que visa acabar com as rugas através da aplicação de produtos absorvíveis sobre a região da pele afetada, como o ácido hialurônico, ou até mesmo definitivos, como é o caso do polimetilmetacrilato (PMMA).

Bioplastia
Nesta modalidade de tratamento estético contra rugas, é usada a aplicação do polimetilmetacrilato (PMMA) sobre pele afetada pelo problema, reduzindo as suas linhas. O procedimento só pode ser feito por um especialista, em ambiente laboratorial, que deve submeter o paciente a uma anestesia local.

Toxina Botulínica (Botox)
Tem como papel principal suavizar as marcas e linhas das rugas estáticas, podendo até mesmo eliminá-las quando associada a outros tratamentos estéticos, além de prevenir o surgimento de outras. Do mesmo modo que a Bioplastia, o procedimento só pode ser feito por um profissional do ramo, em uma clínica especializada.

Lifting Facial
Este tratamento estético visa principalmente acabar com as rugas através do combate à flacidez e falta de elasticidade da pele, melhorando o contorno facial sem interferir na qualidade e boa saúde da derma. Também feito em laboratório, esse procedimento deve ser feito apenas uma vez em cada paciente.

Radiofrequência
Elimina a flacidez e as rugas a partir do aquecimento da pele a cerca de 40 °C, promovendo uma série de reações fisiológicas que melhoram a circulação e oxigenação das áreas afetadas pelas rugas. O resultado é de uma maior produção de colágeno e, portanto, maior firmeza da pele.

Laser de CO2 Fracionado
Através do disparo de um feixe de luz sobre a área da pele afetada pelas rugas, este procedimento estético visa promover uma série de microlesões e posterior processo de reconstituição. A ideia é estimular o organismo a produzir uma maior concentração de colágeno e, com isso, dar mais firmeza à pele.

Soprano XL
Este método estético tem como principal objetivo diminuir a flacidez da pele e melhorar o contorno mandibular. Utilizando uma ponteira refrigerada chamada NIR, o tratamento emite uma luz infravermelha que tem o papel de aquecer as camadas mais profundas da nossa pele, estimulando a produção de colágeno.

Titan
Trata-se de uma técnica de radiofrequência muito usada para reduzir a flacidez da papada e do contorno facial. Através de um equipamento de luz infravermelha que ajuda a aquecer a pele, o tratamento tem como principal objetivo o estímulo da produção de colágeno, essencial para combater as rugas.

Eletroestimulação
Visando suavizar as rugas mais profundas, esse procedimento estético é feito a partir da implantação de um eletrodo ativo, que promove o carregamento de partículas hidratadas para a região da pele afetada pelo problema. O resultado é de uma pele mais jovem e revitalizada, graças ao estímulo da produção de colágeno.

Receitas caseiras para acabar com as rugas

Depois de conhecer quais são os melhores tratamentos estéticos para acabar com as rugas, a partir de agora você vai conhecer quais são as receitas caseiras mais indicadas para melhorar o aspecto da sua pele e eliminar as rugas e linhas de expressão. Veja:

Máscara de banana
Rica em propriedades antioxidantes, a banana é uma grande aliada da prevenção e combate às rugas. Amasse duas bananas com a ajuda de um garfo e aplique a pasta resultante nas áreas afetadas pelo problema.

Veja também – Como tirar rugas a laser: conheça o tratamento a laser para rejuvenescimento facial

Deixe-a agir por cerca de meia hora sobre o rosto e enxágue em seguida, em água morna ou fria. Por último, aplique o hidratante que você usa normalmente no dia a dia. Faça isso pelo menos duas vezes por semana.

Máscara de abacaxi
Além de ser rica em antioxidantes, a fruta possui enzimas que promovem a elasticidade da pele, hidratam e ajudam a eliminar as células mortas.

Para fazer a máscara, basta fazer o suco de abacaxi (apenas com a fruta e sem açúcar) e aplicar sobre a pele diariamente, deixando-o agir nas áreas afetadas pelas rugas por cerca de cinco minutos. Lave a pele normalmente em água morna ou fria e aplique o seu creme hidratante em seguida.

Máscara de iogurte
O iogurte também é um grande aliado no combate às rugas. Para fazer a máscara, basta misturar uma colher (sopa) de iogurte, uma colher (sopa) de mel, ½ colher (sopa) de suco de laranja e ¼ xícara de banana. Em seguida, aplique no rosto e deixe-a agir por cerca de 15 minutos. Lave bem com água fria e passe o seu creme hidratante.

Máscara de Aloe Vera (Babosa)
Devido ao ácido málico presente em sua composição, a aloe vera (babosa) é essencial para suavizar as rugas e melhorar a elasticidade da pele. Para preparar a sua máscara, corte uma folha da planta e extraia o seu gel.

Em seguida, aplique o gel fresco sobre as áreas da pele afetadas pelas rugas e deixe-o agir por aproximadamente 15 a 20 minutos. Lave bem com água morna ou fria e aplique o seu creme hidratante depois.

Máscara de cenoura
Graças ao seu alto teor de vitamina A, a cenoura é ideal para estimular a produção de colágeno e ajudar a manter a pele sempre macia. Para fazer a sua máscara, basta ferver de duas à três cenouras e, em seguida, misturá-las com um pouco de mel até virar uma pasta.

Aplique essa pasta sobre as áreas da pele afetadas pelas rugas e deixe-a agir por cerca de 30 minutos. Lave com água morna ou fria e aplique um creme hidratante.

5 dicas para os pés ressecados: como hidratá-los?

5 dicas para os pés ressecados: como hidratá-los?

Como você bem deve saber, querida amiga, a região dos pés não possui glândulas sebáceas, portanto, a ocorrência de pés ressecados são muito frequentes, principalmente na terceira idade.

Com isso, fissuras e rachaduras causadas pelo ressecamento os deixam com um aspecto feio, e podem atingir a sua autoestima. Algumas conhecidas, inclusive, já deixaram de usar sandálias e chinelos em decorrência de pés machucados.

Porém, não se preocupe! Nem tudo está perdido. Leia abaixo cinco dicas valiosas de produtos que você já deve ter em casa (ou deveria, ao menos), baratos e disponíveis nos comércios mais próximos.

Leia também: pé ressecado

Fique de olho e acabe de vez com os pés ressecados. Vem!
#1 Mergulhe de cabeça nos óleos vegetais
Como já comentamos com você por aqui, os óleos contêm ácidos graxos e vitamina E, auxiliando em várias funções do corpo humano. Uma delas é a hidratação de pés rachados. Ressecamentos podem ser tratados com o Óleo de Coco ou Óleo de Oliva, por exemplo, eliminando o tão inconveniente calcanhar rachado.

#2 Invista na Banana (como?)
Isso mesmo! Veja essa receita caseira: amasse a banana bem madura, fazendo uma pasta homogênea. Em seguida, higienize os pés (bem limpinhos, hein?) e aplique a pasta, deixando-a agir por 15 minutos. Lave os pés com água quente e, após, coloque-os em água gelada. Em algumas semanas, depois de repetir o processo diariamente, você notará a diferença.

#3 A Vaselina também pode ajudar!
Ela dispensa apresentações. Trate os pés ressecados utilizando a pedra pome e aplicando a vaselina em seguida. Coloque meias para ajudar na hidratação.

#4 Ahh, não se esqueça do Mel
Coloque uma xícara de mel em meio balde de água morna e mergulhe os pés. Retire-os e seque-os. Simples assim.

#5 Cremes para os pés
A opção mais comum – e fácil, pois basta aplicá-los para ver ótimos resultados – para os pés que precisam ser tratados é o creme. Eles protegem a pele e levam à região uma hidratação ímpar, além de ser um verdadeiro esfoliante. Ativos como o Ácido Salicílico e a Ureia tornam sua ação ainda mais eficiente.

Nutrientes para uma pele saudável

Nutrientes para uma pele saudável

Leia também: Dicas pele saudável

Várias pesquisas vêm mostrando a importância das substâncias antioxidantes e outros nutrientes específicos para a saúde da pele. Quando combinados com uma dieta natural e equilibrada, estes suplementos realmente ajudam a dar uma aparência mais saudável e jovem.

Vitamina C e E

Em um estudo apresentado em 2002, no meeting anual da Academia Americana de Dermatologia, pesquisadores da Universidade de Duke (EUA) demonstraram que a aplicação tópica de vitamina C e E era capaz de oferecer uma fotoproteção considerável. O uso de suplementos orais de vitamina E também mostrou os mesmos efeitos, além de aliviar rugas e melhorar a textura da pele.

Tanto a vitamina C quanto a E ajudam a reduzir os danos causados pelos radicais livres, graças às suas fortes propriedades antioxidantes. Para obter a quantidade ideal de vitamina C a partir da dieta, basta que você procure incluir uma quantidade um pouco maior de frutas (especialmente cítricas) e vegetais folhosos. Dependendo da orientação do seu médico, você também pode fazer uso de suplementos de vitamina C.

Você também pode aplicar a vitamina C na forma de um creme tópico capaz de estimular a produção de colágeno. O truque está em utilizar formulações que contém vitamina C na forma de ácido L-ascórbico – a única que consegue penetrar na pele.

A vitamina E pode ser encontrada em óleos vegetais, amêndoas, sementes, azeitonas, espinafre e aspargo, entre outros. Contudo, com é difícil obter grandes quantidades apenas a partir dos alimentos, muitas pessoas optam por consumir suplementos de vitamina E. Utilizada na forma de creme ou loção, a vitamina E é um excelente hidratante.

Vitamina A

Se você leva uma alimentação natural e equilibrada, provavelmente o uso de suplementos de vitamina A não irá fazer muita diferença para sua pele. Contudo, se seus níveis de Vitamina A estão abaixo do normal, é possível que isto tenha alguma repercussão na saúde da sua pele: a vitamina A participa de vários processos de reparo tecidual, e sua deficiência pode deixar a pele ressecada e frágil.

Dependendo da severidade do problema, seu médico poderá recomendar o uso de aplicações tópicas de vitamina A. Estudos mostram que esta abordagem é capaz de reduzir rugas e marcas de expressão, além de ajudar no controle da acne e da psoríase.

Vitaminas do Complexo B

A vitamina do Complexo B mais importante para a pele é a biotina, um nutriente que forma a base da pele, das unhas e dos pêlos. Pessoas com deficiência de biotina podem apresentar dermatite ou perda de cabelos.

A maioria de nós obtém boas quantidades diárias de biotina sem perceber, pois ela está presente em vários alimentos, incluindo bananas, ovos, aveia e arroz. Além disso, o corpo é capaz de produzir sua própria biotina.

Recentemente, tem havido um grande interesse nos medicamentos de uso tópico contendo vitaminas do complexo B. Estes cremes são capazes de hidratar as células da pele e aumentar seu tônus muscular. A niacina, um tipo específico de vitamina B, ajuda a pele a reter umidade, conferindo um aspecto rejuvenescido à cútis.

Vitamina K

Esta vitamina, envolvida no processo de coagulação, pode ser utilizada de modo externo para reduzir olheiras e tratar pequenos arranhões na pele. Estudos recentes também estão avaliando o potencial da vitamina K tópica no tratamento de rugas e marcas de expressão.

Sais Minerais e Oligoelementos

Assim como ocorre no caso de várias vitaminas, se você leva uma alimentação saudável provavelmente não fazer uso de suplementos alimentares. Isto é especialmente verdadeiro se você costuma tomar água mineral, uma fonte importante de sais minerais e outros oligoelementos. Alguns estudos sugerem que até mesmo lavar seu rosto com água mineral pode ser útil para reduzir irritações comuns na pele.

Selênio

Vários cientistas acreditam que este mineral possui um papel-chave na prevenção do câncer de pele. Quando tomado como suplemento ou utilizado na forma de creme, este mineral ajuda a proteger a pele dos danos causados pelo sol.

Em estudos publicados na American Medical Association, os pesquisadores descobriram que pessoas que ingeriam regularmente 200 mcg de selênio por dia apresentavam uma incidência 37% menor de câncer de pele. As principais fontes alimentares de selênio incluem cereais integrais, frutos do mar, alho e ovos.

Cobre

Associado à vitamina C, o cobre está envolvido na produção de elastina, as fibras que oferecem suporte à estrutura da pele. A deficiência de cobre é rara e suplementos dietéticos deste mineral devem ser utilizados com extrema cautela.

Entretanto, as aplicações tópicas de cremes ricos em cobre são relativamente seguras e com poucos efeitos colaterais. Estes cremes atuam firmando a pele e ajudando a restaurar parte da sua elasticidade.

Zinco

O zinco é um dos minerais mais importantes no tratamento da acne. A bem da verdade, algumas vezes a própria acne pode ser um sintoma da deficiência de zinco. Tomado na forma de comprimidos ou aplicado externamente, o zinco ajuda a controlar a secreção sebácea, reduzindo a formação dos focos de acne. As principais fontes alimentares de zinco incluem ostras, carnes magras e frango.

Novos nutrientes para pele

Além das substâncias consagradas, os especialistas ainda apontam para outros nutrientes que podem ter efeitos notáveis sobre a saúde e aparência da pele:

Ácido Alfa-Lipóico

Este poderoso antioxidante, centenas de vezes mais forte que a vitamina C ou E, é capaz de penetrar profundamente na pele, neutralizando os danos causados pelos radicais livres e ajudando a ação de outras vitaminas rejuvenescedoras da pele. O ácido alfa-lipóico pode ser encontrado na forma de suplementos ou cremes.

O DMAE (Dimetilaminoetanol) é outro antioxidante potente, capaz de consumir radicais livres e estabilizar as membranas nas células cutâneas, reduzindo o efeito nocivo da radiação solar e da poluição sobre a pele. Pesquisas sugerem ainda que o DMAE seja capaz de evitar a formação de Lipofucsina, o pigmento amarronzado que se torna a base das manchas de envelhecimento. Da mesma forma que o ácido alfa-lipóico, o DMAE pode ser encontrado na forma de suplementos e cremes tópicos.

O ácido hialurônico é fabricado naturalmente pelo corpo pra lubrificar as articulações, mas pesquisas recentes sugerem que ele também atue como uma forma de cola que ajuda a manter as células da pele bem agregadas. Não é à toa que a maioria dos cremes cosméticos modernos inclui o ácido hialurônico em sua fórmula.

Finalmente, em pessoas com pele ressecada e com propensão para inflamação, os ácido-graxos essenciais representam a melhor opção. Estas substâncias ajudam a formar uma barreira natural na pele, protegendo-a contra secreções sebáceas irritantes. Um dos dois ácidos graxos principais, o ômega-6, é obtido a partir de carnes de aves, grãos, óleos e outros alimentos. O ômega-3, outro ácido-graxo estratégico, é encontrado em peixes de águas frias (p.ex.: salmão, sardinha, etc), linhaça e óleo de girassol.

Suplementos contendo estes ácidos graxos, como cápsulas de óleo de peixe ou de prímula, podem ser um recurso valioso para ajudar a manter a pele com uma aparência mais suave e jovem.

5 soluções para os problemas de pele dele

5 soluções para os problemas de pele dele

Um a cada dois homens sofre com rosto irritado, acne ou olheiras. Conheças as saídas práticas para cada um desses desafios.

Se você briga todo dia com o espelho por causa de algum problema de pele, saiba que não está sozinho. Segundo as pesquisas, 50% dos homens sofrem com chatices relacionadas ao barbear (como irritação, ardor, vermelhidão ou pelo encravado), 80% tem acne em alguma fase da vida, e outros brigam com olheiras, pele seca ou excesso de brilho no rosto.

Leia também: Problemas de pele tratamento

Às vezes, só uma visita ao dermatologista resolve mas, em muitos casos, os cuidados diários são suficientes para acabar com o drama. Confira nossas indicações de produtos para os cinco principais problemas de pele masculinos.

VEJA MAIS
5 motivos para usar creme facial masculino
Como cuidar de pele oleosa masculina
Barba ressecada tem solução

Excesso de brilho no rosto
Aplique hidratante facial após lavar o rosto com sabonete (próprio para rosto, ok?). A hidratação é importante para todos os homens, mas ainda mais para quem tem pele oleosa.

Ela impede que as glândulas sebáceas trabalhem mais para compensar o ressecamento provocado pelo sabonete, piorando a oleosidade. Prefira os hidratantes em forma de gel, loção ou sérum, menos gordurosos do que os cremes.

Shop: Loção Hidratante Shiseido Men Hydrating Lotion 150ml

Pelo encravado
Fazer esfoliação antes do barbear ajuda a prevenir ou amenizar o problema do pelo que não nasce direito, inflama e vira foliculite. O esfoliante limpa profundamente a pele do rosto, preparando-o para a passagem da lâmina.

Isso porque suas minúsculas partículas fazem uma leve abrasão na pele e retiram a camada superficial de células mortas acumuladas nos poros, que dificultam a saída do pelo. Livre dessa barreira, ele desponta com mais facilidade. Há esfoliantes especiais para a pele masculina, que é mais grossa e oleosa do que a feminina.

Shop: Sabonete Esfoliante Dr. Jones Isotonic Face Scrub 100ml

Acne
O cuidado básico é lavar o rosto com sabonetes formulados especialmente para pele acneica. Esses produtos regulam e inibem a produção de sebo que, quando excessiva, provoca o surgimento de cravos e espinhas.

Eles contêm ativos que removem impurezas, desobstruem os poros e melhoram a aparência da pele, ao lado de outros com ação adstringente e anti-inflamatória, como enxofre e ácido salicílico. Você encontra várias marcas de sabonetes, líquidos ou em barra, mas o ideal é buscar orientação do dermatologista, que vai indicar o produto certo para seu tipo de pele.

Shop: Gel de Tratamento Clinique Anti-Blemish Solutions Clinical Clearing 15ml

Olheiras e bolsas
Esses problemas geralmente são hereditários, mas álcool, cigarro, sedentarismo, privação do sono, asma, rinite e alergias também contribuem para olhos de urso panda. Em geral, só o tratamento específico em clínicas dermatológicas rende reais benefícios.

Nos casos menos graves de olheiras, porém, os cremes para a região dos olhos amenizam o problema. Esses cosméticos têm substâncias que diminuem os sinais de fadiga, como a cafeína, e outras que, de quebra, ajudam a prevenir rugas e pés de galinha, como o retinol, vitaminas C e K.

Shop: Creme Para o Contorno dos Olhos Neutrogena Ultra-Light Olhos 15g

Pele seca
A pele do homem geralmente é oleosa, mas não são poucos os que sofrem com secura e a descamação no rosto. Problemas que, em longo prazo, podem acelerar o surgimento de rugas e linhas de expressão.

Lave o rosto com sabonete específico para pele seca, que contém ingredientes hidratantes. Jamais use o sabonete de corpo, que não é feito para uso facial e, por isso, é mais agressivo. Evite usar loções adstringentes, que também ressecam a pele.

10 tratamentos para combater a flacidez da pele indicados por dermatologista

10 tratamentos para combater a flacidez da pele indicados por dermatologista

Leia também: Flacidez tratamentos

Para eliminar a flacidez: peeling químico, radiofrequência, carboxiterapia e massagem modeladora são alguns tratamentos que melhoram a textura da pele
8 FOTOS INICIAR O SLIDESHOW
Para eliminar a flacidez: peeling químico, radiofrequência, carboxiterapia e massagem modeladora são alguns tratamentos que melhoram a textura da pele
Flacidez da pele é algo inevitável com a idade, a gente sabe! Mas e quando é possível melhorar o aspecto flácido com tratamentos e alguns hábitos saudáveis? O Purepeople conversou com a dermatologista Larissa Viana, integrante da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para saber os melhores tratamentos para tratar a flacidez da pele: peeling químico, radiofrequência, carboxiterapia, massagem modeladora e, claro, os cremes com ativos rejuvenescedores são os principais. Vem conferir a lista!
Tratar a flacidez da pele é praticamente um assunto em comum nas rodas de conversa entre as mulheres: por isso, as novidades do mundo da beleza para rejuvenescimento do rosto e do corpo não param! Para cuidar do temido bigode chinês ao redor dos lábios, das rugas que aparecem ao redor dos olhos ou dar um chega pra lá na flacidez das pernas, a dermatologista Larissa Viana indica, antes de tudo, pratica bons hábitos, principalmente ao tomar sol. “O sol afeta a produção de colágeno e a elasticidade de sua pele, além de ser um grande vilão quando o assunto é câncer de pele”. A dica é tomar banhos de sol nos horários mais amenos e passar protetor solar nas áreas que ficam muito expostas como rosto, braços, pernas e pescoço. Outro hábito que pode antecipar a flacidez é o banho quente. “Ficar embaixo do chuveiro com a água fervendo pode ser muito confortável, mas se sua pele pudesse falar, ela discordaria. A água quente agride a pele e impede a produção do colágeno, o que acaba por deixa-la mais flácida”, explica. Agora, se a flacidez já deu as temidas boas-vindas, veja 10 opções de tratamentos abaixo!

1 – REPOSIÇÃO DE COLÁGENO COM SUPLEMENTOS NATURAIS
Para combater a flacidez do rosto e do corpo mais rápido, a dica da dermatologista é repor o colágeno através de uma alimentação saudável e suplementos naturais. “Esses produtos orgânicos vão ajudar a manter a beleza de sua pele intacta e evitar o envelhecimento precoce”, explica a dermatologista, que também deu dicas de alimentos que não podem faltar na dieta. “Gelatina, Vitaminas C, E e A, Proteínas, Fibras, Abacate, aveia e arroz integral. Entre as coisas a evitar, estão refrigerantes, bebidas alcoólicas, fast foods e doces”, aconselha.

2 – CREMES ANTI-IDADE: RETINOL, ÁCIDO GLICÓLICO E ELASTINA MELHORAM FLACIDEZ DO ROSTO
Por ser mais fina, a pele do rosto logo denuncia a flacidez. Por isso, a dermatologista indica cremes anti-idade com ativos rejuvenescedores: além de práticos, os cremes também hidratam e deixam a pele mais macia. “Os produtos mais indicados são os que contêm DMAE ou dimetilaminoetanol. Ele é um importante antioxidante que atua na membrana plasmática celular, de modo a combater de forma eficaz a flacidez e também melhorando a saúde externa da pele, com resultados imediatos e também duradouros. Cremes com DMAE ajudam a aumentar a produção de colágeno e, quando absorvidos corretamente, atuam diretamente no músculo sob a pele, aumentando o tônus com efeito tensor, melhorando a aparência”, indica a profissional. Outros ativos que podem ser encontrados em cremes contra a flacidez, segundo Larissa, são o Triac, o Retinol, a cafeína, a elastina, o silício, o ácido glicólico, kigeline e hialuronidase.

3 – MASSAGENS: MODELADORA E DRENAGEM LINFÁTICA SÃO OPÇÕES PARA FLACIDEZ
Além de aliviar a tensão e o estresse, as massagens também ajudam a combater a flacidez da pele. “A drenagem linfática e a massagem modeladora são dois exemplos de massagem contra a flacidez que ajudam a eliminar toxinas, diminuir a inflamação e melhorar a circulação. A drenagem linfática ajuda a reduzir o inchaço e estimular o sistema linfático, facilitando a eliminação de toxinas e diminuindo a retenção de líquidos”, explica Larissa. Já a massagem modeladora, segundo a especialista, é mais intensa porque estimula a circulação e tonifica a musculatura.

4 – PEELING QUÍMICO MELHORA TECIDO E TEXTURA DA PELE
O peeling é uma das melhores indicações de tratamento para flacidez no rosto: ele renova as células e elimina as células mortas. “Para que isso aconteça, é aplicada uma solução cremosa na área desejada que cuidará exatamente dessa organização em remover as camadas danificadas da pele. A solução será escolhida de acordo com a análise do médico sobre as necessidades do paciente”, explica a dermatologista, que citou as vantagens do peeling. “Funciona bem em qualquer processo regenerativo, já que trabalha com a melhora da pele, sua textura e tecido, pequenas rugas e cicatrizes, além de manchas”. A dica da especialista é evitar fazer o peeling se você faz outro tipo de tratamento na pele ou tem leões ou inflamações na área.

5 – RADIOFREQUÊNCIA: ‘TRABALHA DIRETAMENTE CONTRA FLACIDEZ’
A rádiofrequência é uma técnica que trabalha com a emissão de correntes de alta frequência sob a pele da área desejada, fazendo com que esse contato gere calor e estimule o tecido na produção de substâncias como o colágeno. “Trabalha diretamente contra flacidez e celulite melhorando a remodelação da área desejada, sendo muito útil no processo de redução de rugas e linhas de expressão, acnes e estrias. Para auxiliar o procedimento, aplica-se um gel sob a pele e com o auxílio de um equipamento conhecido como transdutor, as correntes são aplicadas com o objetivo de transmitir calor sobre a área”, explicou Larissa. A dica da dermatologista é que grávidas e pessoas com diabetes e hipertensão evitem fazer o tratamento.

6 – CARBOXITERAPIA MELHORA FLACIDEZ COM INJEÇÃO DE CO2
A Carboxiterapia é um tratamento que elimina não só a flacidez, como também celulite, gordura localizada e até mesmo olheiras, já que renova o tecido da pele por meio da provocação de uma lesão. “O tratamento consiste na aplicação injetada de CO2 na pele, que desencadeia um processo que faz com que as células produzam colágeno e elastina naquela área. O gás carbônico possui essa capacidade da quebra de células adiposas e renovação das mesmas através da nova configuração organizacional e aumento do colágeno, fundamental para a tonificação da pele”, explica a profissional. Para quem está grávida ou tem qualquer tipo de alergia, lesão ou infecção, é melhor evitar.

7 – IONTOFORESE MELHORA A FLACIDEZ DE DENTRO PARA FORA
Você já ouviu falar na iontoforese? É um tratamento indolor, que acontece totalmente sob a pele, mas que não é evasivo. Por isso, tem sido bastante atrativo para muitas pessoas, segundo a dermatologista. “Acontece sob a pele, através de uma corrente com fluxo constante de elétrons que começa e termina através de dois eletrodos comuns. Para auxiliar esse processo, uma substância com composição estudada e produzida é colocada sob a região onde a corrente será aplicada, com a corrente elétrica é que essa substância se introduz a pele, sem a necessidade de qualquer injeção”, explica a profissional. O tratamento é contraindicado para pessoas que têm problemas circulatórios, lesão na área desejada e diabetes.

8 – MICROCORRENTE ELIMINA FLACIDEZ ATIVANDO AS CÉLULAS DA PELE
A microcorrente é uma técnica parecida com a iontoforese, mas utiliza-se correntes menores. “Essas microcorrentes são menos intensas que as correntes habituais deixando de provocar sequer a conhecida sensação de formigamento. Baseia-se na combinação da corrente elétrica com a emissão elétrica natural do corpo, fazendo com que as células sejam ativadas diretamente, trabalhando na sua regeneração e aumento da produção de elementos que combatem a flacidez, como o colágeno natural”, explica Larissa, citando, ainda, outras vantagens do tratamento. “Funciona não somente como combate à flacidez, como também em processos de reparação do tecido e da pele, cicatrização de acne e melhora de estrias”.

9 – MICROAGULHAMENTO: ‘ACUNPUNTURA MAIS INTENSA’
O microagulhamento é uma espécie de acupuntura um pouco mais intensa. Segundo a dermatologista, a técnica é feita com um rolo de cerca de duzentas pequenas agulhas que se aplicam na pele. “As agulhas provocam pequenos furinhos na pele, que fica com alguns pontos de sangue, processo conhecido por afetar diretamente na vasodilatação e na consequente produção de colágeno. Muito utilizado contra a flacidez, acne quando não ativa, melasma e até mesmo cicatrizes”, conta a profissional.

10 – CORRENTE RUSSA FORTALECE O MÚSCULO
A corrente russa, segundo a especialista, é um dos procedimentos de combate a flacidez através de corrente elétrica. “Nesse caso em específico, trabalhando diretamente no músculo e na sua resistência e cuidado. Essa corrente cuida diretamente dos benefícios de tonificação, diminuindo a flacidez e garantindo estética sem celulites ou rugas, funcionando como tratamento para flacidez muscular”, explica. Entre as vantagens, além do combate à flacidez, também estão o fortalecimento e a resistência dos músculos.

Fica a dica: Pomada contra assaduras clareia a pele e as olheiras

Fica a dica: Pomada contra assaduras clareia a pele e as olheiras

Não foi comprovado cientificamente que pomada contra assaduras ameniza os sinais da pele, mas eu testei e aprovei.

Esse artigo faz parte do canal Tendências. Siga o canal para receber as últimas atualizações e interagir com uma comunidade apaixonada!
SIGA ESTE CANAL
Você sem olheiras e com a pele sem manchas
Você sem olheiras e com a pele sem manchas

Leia mais artigos deste autor
Sugira uma correção para esta notícia
Classifique este título da notícia
Hoje darei uma dica para todas as mulheres que adoram formas alternativas de cuidar da saúde da sua pele.

Sabe aquela pomada Hipoglós, que é usada em bebês? Pois é, ela também é uma ótima opção para as olheiras, é só passar um pouco a noite e pronto, funciona mesmo. Além da região dos olhos, em épocas de muito frio (raridade, devido ao nosso clima) a nossa boca tende a ressecar, então é só passar a pomada à noite antes de dormir, para hidratar a região.

Leia também: Hipoglós comprar

Eu já usei Hipoglós para hidratar minhas cutículas e deu resultado. No meu caso, deixo agir por alguns segundos apenas e já consigo remover a pele ao redor da unha facilmente.

Ao pesquisar na internet, acabei encontrando alguns artigos que falam sobre a eficácia da pomada e encontrei também algumas opções de receitas caseiras para o cuidado da pele usando Hipoglós. Achei muito interessante e até testei uma das receitas para confirmar a eficácia delas, por esse motivo irei mencioná-la nesse artigo.

Tendências
DO CANAL TENDÊNCIAS
5 famosos sem barba que mostram que ela é como uma maquiagem para o homem
5 famosos sem barba que mostram que ela é como uma maquiagem para o homem
por Cesar Nascimento (VB)
SIGA O CANAL TENDÊNCIAS
Siga o canal Tendências para ficar por dentro das últimas notícias sobre Tendências e discutir o que está roland com uma comunidade apaixonada.
Segundo o site da marca, na composição da pomada tem Retinol (vitamina A) / Colecalciferol (vitamina D) e Óxido de Zinco. Talvez daí venham os benefícios para a pele que tanto vemos na internet.
O Retinol é usado na produção e regeneração do colágeno e elastina que dão sustentação à pele, o que ameniza as rugas e linhas de expressão. Já o Oxido de Zinco tem ação antisséptica, o que pode ter um efeito de antienvelhecimento.

O fato é que não foi comprovado cientificamente que o uso dessa pomada ameniza os sinais da pele, mas eu testei e aprovei.
Vale enfatizar aqui que o resultado varia de biotipo para biotipo e minha intenção com esse artigo é apenas dar outra opção, muitas vezes mais viável, para o tratamento da pele.

Assuntos sugeridos para você.
Clique em seguir para receber as últimas notícias.

Tendências
SEGUIR

Saúde
SEGUIR

Maternidade
SEGUIR

Moda
SEGUIR

LGBT
SEGUIR
Mas você sempre deverá consultar o seu dermatologista e parar o uso dos cremes imediatamente, caso ocorra alguma irritação.

A receita a seguir foi extraída da página Sonho de ser mãe e eu testei por 6 meses, obtendo um resultado considerável para o tipo da minha pele. Senti que ela ficou um pouco oleosa, mas como eu usava a cada dois dias, dava para equilibrar com outros produtos.

1) Máscara caseira de Hipoglós e Bepantol para clarear manchas do rosto

Ingredientes: Hipoglós + 1 tampa de Bepantol (líquido)

Modo de Preparo: Misture os dois produtos com um pincel.

Modo de Usar: Passe o creme no rosto com a ajuda de um pincel (para evitar que a pele fique muito oleosa) e espere agir por uns 25 minutos.

Tendências
DO CANAL TENDÊNCIAS
Tatuagem de Bruna Marquezine gera discussão na web, e tatuadora defende a atriz: ‘parem’
Tatuagem de Bruna Marquezine gera discussão na web, e tatuadora defende a atriz: ‘parem’
por (VB) SabeDaÚltima?!
SIGA O CANAL TENDÊNCIAS
Siga o canal Tendências para ficar por dentro das últimas notícias sobre Tendências e discutir o que está roland com uma comunidade apaixonada.
Lave bem o rosto, apenas com água, e após faça os procedimentos que você já está acostumada para proteger a sua pele.

Eu usei um pincel grosso (pincel para passar corretivos) para passar a mistura. Como a finalidade aqui é manter a saúde da pele, o ideal é utilizar esse pincel somente para esse objetivo. limpando-o com sabão neutro após aplicar a mistura no rosto.

Obs: É importante sempre proteger a pele do sol com filtro solar, para as manchas não voltarem.

Se você tem a pele muito oleosa, passe somente na região das manchas. Para esse processo, você começará a perceber uma pequena melhora após um mês de uso.

Sempre antes de passar qualquer creme, o ideal é preparar a pele, lavando-a com o sabonete da sua marca preferida e com água fria. Isso faz com que as células se abram e fiquem prontas a receber a hidratação

Como reduzir as olheiras: 5 métodos naturais

Como reduzir as olheiras: 5 métodos naturais

Para reduzir as olheiras e minimizar sua ocorrência é importante ter uma boa qualidade de sono, bem como seguir uma dieta adequada e levar em conta alguns remédios naturais.
Dicas para depilar a área do biquíni corretamente
Máscara de cílios: dicas para escolher o adequado
7 dicas para ter um cabelo abundante

298
Compartilhado

As olheiras são um problema cotidiano e comum, que afeta várias pessoas. Normalmente, elas influenciam na autoestima das pessoas que as sofrem, pois diminuem o frescor do rosto, sua beleza natural, e aumentam a aparência da idade.

Por isso é importante encontrar uma maneira de tratá-las, e assim melhorar o aspecto facial. Os remédios naturais são uma ótima alternativa para reduzir as olheiras, e neste artigo nós trazemos cinco deles.

O que são as olheiras?
As olheiras são a alteração da cor da pele devido à produção excessiva de melanina. O aparecimento das olheiras tem influência genética, e outros fatores externos. Assim, se considera uma característica da oscilação diária.

Leia também: Tratamentos para olheiras

Principais causas das olheiras
Uma das causas mais comuns que contribuem para o aparecimento das olheiras é ter a pele fina e sensível, especialmente na área dos olhos. Além disso, a idade e a ação do sol geralmente desidratam a pele, e a tornam mais escura e flácida.

Para reduzir as olheiras existem muitas soluções naturais. Em seguida, trazemos cinco delas.

Leia também: Os 5 melhores remédios caseiros para atenuar as bolsas nos olhos

1. Colheres frias

Este remédio é extremamente útil para quando você acorda com os olhos inchados, ou suas olheiras estão da cor azul. O frio é uma das melhores opções para reduzir a inflamação e reduzir as bolsas que se formam ao redor dos olhos.

O que você precisa?
2 colheres
O que você deve fazer?
Coloque duas colheres na geladeira durante a noite. De manhã, elas estarão frias.
Aplique-as diretamente na área dos olhos, fazendo uma leve pressão para que a ação aconteça mais rapidamente.
Além disso, você pode cobrir um cubo de gelo com um pano e aplicar em toda a área.
2. Sacos de chá verde
Graças aos antioxidantes do chá verde, este produto natural previne o envelhecimento precoce e ajuda a eliminar as manchas escuras na pele. Por isso é tão útil quando se trata de melhorar o aspecto das olheiras.

O que você precisa?
2 sacos de chá verde
1 copo de água morna (200 ml)
O que você deve fazer?
Coloque os dois sacos de chá no copo de água morna, e deixe descansar por 10 minutos.
Lave a área dos olhos com essa água, pelo menos três horas antes de ir dormir.
Você notará o resultado, e a melhora na redução das olheiras em uma semana.
3. Leite frio
Este é um dos remédios que você pode aplicar com mais facilidade em sua vida diária, e sempre que se lembrar. A gordura natural do leite vai ajudar a hidratar o rosto e dar-lhe suavidade. Além disso, a temperatura contribuirá para que o inchaço diminua rapidamente.

O que você precisa?
2 algodões
½ copo de leite frio (100 ml)
O que você deve fazer?
Mergulhe os dois algodões no leite frio.
Em seguida, coloque-os na área dos olhos.
Deixe descansar por alguns minutos.
4. Rodelas de pepino
Este remédio é um dos mais populares e conhecidos no mundo da estética. O pepino ajuda a reduzir o inchaço do rosto, graças ao ácido cafeico e à vitamina C que o compõe. Além disso, sua aplicação não requer muito esforço.

O que você precisa?
2 fatias de pepino
Descubra: Combata a flacidez e as rugas com gel de pepino e babosa

O que você deve fazer?
Descasque o pepino e corte duas rodelas.
Deixe esfriar na geladeira por algumas horas.
Quando você perceber que elas estão frias o suficiente, retire-as da geladeira e coloque-as sobre os olhos.
Deixe suas propriedades agirem sobre a pele por 15 minutos, e lave com bastante água morna.
5. Claras de ovos

Apesar de não ser tão conhecida como a anterior

Este remédio se caracteriza por ser extremamente eficaz. A clara de ovo contém vitamina B12, que ajuda a melhorar a circulação e proporciona maciez à pele. Por isso, ajuda a reduzir as olheiras.

O que você precisa?
1 clara de ovo
O que deve fazer?
Bata a clara de ovo até que esteja em ponto de neve.
Em seguida, com um pincel, aplique a clara de ovo na área das olheiras, logo abaixo dos olhos.
Deixe agir por 15 minutos, e retire com água fria.
Com a aplicação diária desses remédios as olheiras diminuirão, e sua manifestação será muito menos frequente e mais controlada. Agora você já sabe que pode aproveitar as propriedades desses produtos naturais contra as olheiras, e que também são muito fáceis de usar.

CREMES REDUTORES DE GORDURA LOCALIZADA FITNESS

Sabemos muito bem que não existe milagre: a melhor forma de reduzir medidas é ter hábitos de vida saudáveis com a combinação de dieta e a prática de exercícios físicos. Porém, existem algumas alternativas que complementam e podem até ajudar a acelerar a queima da gordura corporal.

É o caso dos cremes redutores de gordura localizada. Por experiência, eu já senti na pele e vi o resultado aparecer nas medidas, quando ia lá com a fita acompanhar os números da minha cintura, quadril, adômen…

Agora, sozinho acho que eles não darão nenhum resultado. Esses cremes são caros e você vai perder tempo. Melhor realmente usá-los se estiver na pegada de reduzir medidas!

Olha só algumas sugestões de bons cremes que conheço:

♥ Lipo Redutor Mousse Valmari

Leia também: Womax Gel Lipo preço

O Slim & Sculp foi bem importante no meu processo de emagrecimento, eu senti que ele colaborou muito na redução de medidas. O resultado era visível, além de ajudar na perda de gordura localizada ele melhorou a aparência e a textura da minha pele. Acho que foi a primeira vez que eu senti amor de verdade pela a minha barriguinha, hahaha. Ele seca rápido na pele, você já consegue colocar a roupa em seguida. A cafeína, o extrato de erva-mate, complexo vegetal e fosfolipídeos estão presentes na sua composição. Ah, pode ser usado por mulheres e homens.

Leia também: Phytophen funciona

♥ Gel Creme Amêndoa Modelador L’occitane

Eu adoro amêndoa, ainda mais na versão creme para modelar a nossa barriguinha, hahaha. Já usei também e aprovei! O gel ajuda a tonificar a silhueta e dar firmeza a pele flácida pela gordura localizada. O cheirinho que fica na pele é maravilhoso! Sua composição leva proteínas e extrato de amêndoa, a marca aposta nos ativos naturais sempre.

Leia também: Kifina funciona

♥ Reduxcel Abdômen Adcos

Esse gel ataca diretamente as gordurinhas insistentes que teimam ficar no abdômen mesmo com regime e a prática de exercícios físicos. Promete resultado visível em um mês de uso. Tem cafeína pura {3%}, extratos de laranja amarga, Arnica, Centelha Asiática, Cavalinha, entre outros ativos na sua composição.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

♥ Gel Destock Ventre Vichy

A última sugestão é específica para a cintura das mulheres. Ajuda a reduzir a gordura localizada, tem rápida absorção na pele, não tem parabenos e é hipoalergénico. Leva 5% de cafeína pura, erva-mate, extrato de chá verde, entre outros. Também é o mais acessível $$ de todos os outros cremes que mostrei nesse post.